Como cuidar de Bonsai em sua casa ou apartamento

Aprenda Como Cuidar De Bonsai Em Sua Casa Ou Apartamento

Como cuidar de bonsais em casa ou apartamentos

 

Todas as pessoas já pararam para admirar um bonsai quando se deparam com ele. Seja uma árvore frutífera ou mesmo uma ornamental, os bonsais chamam a atenção pela riqueza de detalhes e pelo aspecto evelhecido num pequenino vaso e da mesma forma, as pessoas buscam saber como cuidar de bonsais corretamente..

Bem, o bonsai á uma árvore em miniatura plantada em um vaso ou pequeno recipiente, o bonsai recebe este nome exatamente devido a esta associação: normalmente seu vaso possui um formato que nos remete a uma bandeja, sendo que a palavra japonesa bonsai pode ser traduzida como “plantado em uma bandeja”.

Qual A Origem Dos Bonsais

Com sua origem provável na China, por volta de 700 d.C., onde houve o desenvolvimento de técnicas utilizadas para a criação de árvores anãs em recipientes menores, esta técnica sofreu influência do Zen-budismo japonês, através da qual acreditava-se que esta pequena árvore poderia representar o universo todo.

Chegou aos poucos no Ocidente e por volta de 1950, a técnica de estilização e modelagem do bonsai começou a ser ensinada por professores e entusiastas que traziam os ensinamentos diretamente do Japão sobre como cuidar de bonsais do jeito certo.

Segundo explica Carla Formanek, personal gardener do Charlotte na Varanda, o bonsai não é uma mini arvore geneticamente criada, mas adaptada para ficar em tamanho reduzido. “O recipiente pequeno para as raízes e com pouco substrato, as podas e a forma de amarrar durante o crescimento é que irão modelar aos poucos sua mini árvore, por isso, quanto mais antigo o bonsai, mais valioso”.

Como manter um bonsai sempre saudável

Para manter seu bonsai com saúde, existem certos cuidados que devem ser tomados. Já falei de algo assim no artigo em que ensino quais os cuidados para ter samambaias saudáveis. Bem, conforme a profissional explica, o primeiro deles deve ser no no momento da escolha da árvore, sendo importante saber onde ele será colocado, se dentro de casa ou em um ambiente externo.

“Quando vamos cuidar de bonsais internos, os cuidados são diferentes dos cuidados de plantas normais ornamentais. Isso se deve por estes ‘morarem’ em um vaso menor, com menos terra, ou seja, menos ‘alimento’ e menos água.

Confira a seguir algumas dicas da personal gardener sobre comocuidar de um bonsai com sucesso:

Coloque o Bonsai no sol todos os dias

Assim como qualquer outro tipo de árvore, os bonsai necessitam de luz, estando sujeitos as estações do ano. Conforme Carla evidencia, é importante saber qual o tipo de árvore é o seu bonsai, se é uma tropical, subtropical, etc. Somente assim você saberá qual o tipo de temperatura ela prefere. “Por isso é importante buscar uma espécie que pertença ao seu clima local, com facilidade para tolerar a incidência de luz, as chuvas, as geadas e a umidade da região”.

Se cultivadas na área externa, a maioria das espécies precisam ser protegidas dos ventos fortes, para não correr o perigo de abalar a estrutura de modelagem do crescimento. Em relação à incidência do do sol, esta não precisa ser total, sendo que algumas horas diárias já são o suficiente. “Sem o sol, assim como as suculentas, os galhos começam a ‘esticar’, suas as folhas vão ficando maiores e distância entre elas também, não sendo ideal no cultivo do bonsai”, revela a profissional.

“Já os que ficam no interior da casa necessitam ficar perto de fontes de luz, lugares iluminados como janelas. Eles não morrem sem luz, mas enfraquecem e podem se descaracterizar”, ensina Carla. Agora, se você não possuir uma ampla janela, segundo a profissional, é possível recriar esse ambiente luminoso utilizando a iluminação fluorescente, como a que vem sendo muito usada em pequenas hortas hidropônicas internas, onde as mini árvores podem permanecer com esta luz durante o equivalente ao período do dia.

Regue seu Bonsai quando a terra estiver quase seca

No caso de cultivar um bonsai tropical dentro de casa, é necessário estar sempre atento a umidade, já que o uso de ar condicionado e/ou aquecedores pode deixar o ar mais seco do que o costume. “Nestes casos, é aconselhável colocar uma bandeja de água próximo a ele, lançar mão de borrifadores ou nebulizadores”, aconselha a personal gardener.

Conforme ela, aprender a identificar o melhor momento de rega para a terra de sua mini árvore é o segredo. “Para encontrar o equilíbrio perfeito é necessário conhecer sua planta, regar quando o solo já se encontrar seco, saber da temperatura e umidade relativa do ar, etc.”, orienta.

Cuide bem da adubação do bonsai

Segunda Carla, o solo para bonsai é uma mistura de terra adubada com húmus de minhoca, por exemplo, com Akadama, um substrato para bonsai que favorece a drenagem no vaso, associados ao cascalho fino.

Saber qual o tipo de bonsai, se este dá flores e frutos ou é apenas vegetação verde ajudará na escolha do adubo com a combinação certa de Nitrogênio, Fosforo e Potássio. Segundo ela, é possível comprar o adubo adequado em lojas especializadas, podendo contar com a ajuda dos vendedores para qual o tipo de adubo mais apropriado.

Os bonsais cultivados dentro de casa podem ser adubados com mais frequência, já os que ficam ao ar livre, somente na época da estação de maior crescimento, a qual na maioria das vezes é a primavera. “Vale lembrar que os recém transplantados estão em uma terra que acabou de ser preparada, rica em nutrientes, portanto não precisam de adubo por alguns meses”, alerta a profissional.

Outra advertência dada pela personal gardener é que o adubo em excesso não faz bem para as plantas. Além disso, aqueles que estiverem doentes ou mesmo com pragas também não devem ser adubados. Por isso é tão importante saber como cuidar de um bonsai em casa.

Mantenha a poda em dia

Parte importante para moldar a forma do seu bonsai, a poda deve ser executada frequentemente. A profissional explica que as árvores possuem a tendência de crescer mais no alto e nas bordas, assim, ao podar estas regiões, há um estímulo para as partes mais próximas do caule crescerem, ajudando a criar o modelo de árvore em miniatura, permitindo a escolha de galhos que serão deixados ou podados, modelando e criando o design desejado.

Aprenda como transplantar um bonsai

A profissional revela que o tempo ideal para transplantar um bonsai é de cerca de de 2 em 2 anos, realocando-o em um recipiente um pouco maior, permitido que este cresça um pouco mais, realizando novamente o processo até atingir o tamanho e aspecto desejado. “Nesse momento também é possível poder suas raízes”, adiciona. Já no novo vaso, é importante possuir uma terra nova com um preparo básico para vaso.

Como escolher vasos para Bonsai

Em relação aos vasos ideais para o cultivo do bonsai, estes necessitam de furos de drenagem, os quais serão “cobertos” por uma telinha, podendo inclusive utilizar uma gaze para este fim. Porém, existem mantas acrílicas ou telinhas plásticas específicas para este papel. “Será através deste furo você conseguirá passar arames para prender o caule de seu bonsai, caso necessário”, esclarece Carla.

Para ela, é importante que o modelo escolhido tenha um tamanho que acomode as raízes esticadas, sem que estas se enrolem nelas mesmas. Outra orientação da profissional é fazer uma camada de cascalho antes de colocar a mistura de substrato com terra. “A argila expandida teria o mesmo efeito, no entanto ocuparia muito mais espaço”, resume.

Quanto ao material a ser eleito para o recipiente do plantio do bonsai, a profissional informa não haver restrições, podendo estes ser de louça, plástico ou terracota, indo de acordo com o gosto pessoal.

Como identificar pragas e doenças no Bonsai

“Devido o seu tamanho reduzido, o controle de pragas é relativamente fácil: busque inspecioná-lo sempre”, indica a profissional. Ela ainda comenta que muita água, falta de luz ou áreas muito abafadas, facilitam o aparecimento das pragas.

Para acabar com elas, a profissional sugere o uso de pó de fumo diluído em água, de acordo com as especificações da embalagem do produto. É recomendável regar antes de aplica-lo, desta forma a planta e não absorverá todo o produto, agindo apenas com a intenção de matar as pragas que estão em volta dela. Esta é a mesma forma ausada para acabar com algumas pragas de orquídeas.

“Agora se o problema for fungo, a única coisa a ser feita é diminuir a água e buscar ajuda de especialistas para identificar qual a melhor medida a ser tomada”, recomenda. O fungo pode aparecer em qualquer parte, incluído em suas raízes, debilitando a planta.

No Comments

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Content is protected !!